O Mundo vem sofrendo com inúmeras mudanças contínuas cada vez mais acentuadas, onde é necessária uma maior adaptação e uma nova forma de ver as coisas. A razão mais importante deste momento é tentar buscar mecanismos simples para resolver os problemas que parecem complexos e insolúveis. Os desafios não nos permitem mais trabalhar com desperdícios, morosidades e improdutividade, assim como sem colaboração e engajamento. Não deixem de se aventurar e receber as provocações deste artigo sem resignificar um pensamento.

O Mindset Ágil predetermina a eficácia das ações e consequentemente dos resultados. É reflexo do modelo de pensamento da liderança e se apoia nos testemunhos das ações dos próprios líderes para garantir sua plena adoção.

Predispõem indivíduos a protagonizarem as mudanças por si mesmos e, com isso, geram maiores impactos nos resultados das companhias, onde precisa de flexibilidade, autonomia a adaptabilidade como motes de execução, mensuração de performance e controle como pré-requisitos para florescer.

Atrai a evolução constante como consequência das novas estruturas inter-relacionais que de certa forma estimula a inovação direta e indireta em todos os setores e frentes de trabalho que sejam tocados por este modelo de pensamento. Qual empresa não quer este DNA?

“O quê, para quê, com quem, como e quando”. Este é o conjunto de partida para uma mentalidade ágil de gestão. Procure sempre analisar os seus objetivos, projetos, processos e produtos sob esta ótica. Encontre valor nas metodologias específicas que funcionarão no seu dia a dia, mas jamais se prenda a estas como únicas formas de atingir seus objetivos.

O RESULTADO PARA O CLIENTE DEVE SER O FOCO DE SUAS RESPOSTAS!

Pensem numa maneira eficaz de implantar uma nova metodologia ágil no seu dia a dia. Procure responder às perguntas de forma simples e em poucas palavras.

·       Quais são as maiores dores hoje?

·       Quais são as maiores dificuldades que você enfrentaria para promover mudanças?

·       Dentro das dificuldades quais seriam as barreiras?

·       O que é necessário fazer para obter mudanças?

·       Para que deve ser feito as mudanças?

·       Com quem devo contar?

·       Como irei implementar mudanças e quando?

Com esta reflexão, podemos reconhecer a cultura de nossa organização, e diagnosticar o quanto é centralizadora, burocrática, excessivamente informal e um grande quartel de bombeiros, concordam?

Além disso, não precisamos mais de líderes que se destacam pelo número de controles excessivos e ideias como “estar presente é sentido de produtividade”. A liderança precisa focar em pilares chaves para esta transformação descritas por Pedro Melo da Open Leaders e Jill Ader da Ergon Zehnder.

1.     Ser Humanista e Ter Compaixão

2.     Ter Curiosidade e Ser Desafiador

3.     Ter Atitude, Ser Realista e Otimista

4.     Gerar Valor e Prover Propósito

5.     Buscar Excelência – Co-construir caminhos

6.     Não precisa ser Herói ou Heroína

Sabemos que a autonomia é indispensável para o pensamento ágil. Permitir a permissão descentralizada e orgânica, conferindo ao ecossistema a autonomia que possibilita a auto-gestão, é mola fundamental do sucesso deste modelo. Lembre-se que conceder descentralização não é sinal de descontrole. Os métodos irão garantir os resultados visto que o protagonismo inverte os papéis de controle. Veja a Teoria dos Opostos do livro Open Leaders.

Não foi fornecido texto alternativo para esta imagem

Uma recomendação é rodar um teste de perfil e perceber as habilidades naturais de cada persona no time. Este exercício contribuirá de certa forma em todas as etapas, pois ajuda colocar a pessoa certa no lugar certo, além de todos conhecerem o formato de sua comunicação, evitando ruídos e conflitos desnecessários.

Um time ágil é formado por mentes sábias de personagens equilibrados e com características complementares tornando a organização em um grande organismo vivo. O que está esperando? Mãos na massa!!! Coloque hoje mesmo estas orientações a prova.

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *